Decreto assinado pelo então arcebispo de Porto Alegre, dom João Becker, data de dezembro de 1934; missa irá marcar jubileu da matriz da antiga Dona Isabel

A igreja matriz da Paróquia Santo Antônio de Bento Gonçalves, celebra neste ano de 2019, o jubileu de 85 anos de sua elevação à categoria de Santuário Diocesano. O decreto foi assinado pelo então arcebispo de Porto Alegre, dom João Becker, em 27 de dezembro de 1934 e passou a valer no dia 31 do mesmo mês, na comemoração solene do cinquentenário de criação da Paróquia.

Os documentos datam a construção da igreja entre os anos de 1890 e 1894. Ao longo das décadas, o templo passou por inúmeras reformas e, em 2007 iniciou o restauro interno e externo. Entre as obras realizadas esteve a substituição do telhado, bem como a reconstituição das pinturas artísticas internas que relatam os milagres atribuídos à intercessão de Santo Antônio. Em 30 de janeiro de 2007, o local foi tombado como Patrimônio Histórico de Bento Gonçalves. As obras foram concluídas em 2014.

Para recordar a data, está marcada a celebração de missa solene no dia 31 de dezembro de 2019, às 18h, no Santuário Santo Antônio, presidida pelo bispo de Caxias do Sul, dom José Gislon. O ato também marca a bênção do novo órgão de tubos da igreja, recém chegado da Holanda e a ação de graças pelas atividades do ano que finda. No último dia 08 de setembro, a diocese de Caxias do Sul também completou 85 anos de sua criação, data em que Gislon tomou posse.

De acordo com o pároco, padre Ricardo Fontana, celebrar os 85 anos da elevação da igreja a Santuário Diocesano é um momento de graça para a Igreja e também para a comunidade bento-gonçalvense. “Significa que é um lugar santo, um local onde as pessoas de dirigem constantemente e em grande número para expressar e renovar a sua fé com a Palavra e a Eucaristia, tendo como intercessor Santo Antônio. Queremos, então fortalecer o vínculo das pessoas com a Igreja e possam encontrar num meio urbano, um espaço de oração e espiritualidade nesses tempos agitados”, salienta.

O sacerdote faz questão de recordar que o Santuário Santo Antônio está no coração da cidade de Bento Gonçalves e, diariamente, são celebradas missas às 18h, sendo que nas quartas-feiras, além da celebração tradicional, também há missa ao meio-dia e aos domingos às 07h, 08h30min, 10h e 18h. Mensalmente, nos dias 13, dia votivo de Santo Antônio, a Eucaristia é celebrada às 08h, 12h, 14h, 16h e 18h.

Diariamente, de terça a sexta-feira, há um sacerdote à disposição da comunidade para aconselhamentos, bênçãos e confissões, das 09h às 11h30min e das 14h às 17h30min. “No meio de toda a selva de pedra da cidade, o Santuário se torna este espaço de encontro consigo mesmo e com Deus”, explica.

Atualmente, a equipe sacerdotal da Paróquia Santo Antônio é composta pelos padres Ricardo, Júlio Giordani, João Corbellini e Luís Carlos Conci e conta com a cooperação das Irmãs de Jesus Bom Pastor, conhecidas como Pastorinhas, há 66 anos. Hoje, servem à comunidade as religiosas Lídia, Vanda e Vilma.


Além dessa comemoração, outro jubileu será celebrado em janeiro. São os 25 anos de vida sacerdotal de dom Adelar Baruffi, bispo de Cruz Alta, que era padre do presbitério de Caxias do Sul e atuou como vigário paroquial na Paróquia Santo Antônio e recebeu a ordenação episcopal em 2015, no Santuário. A festa está marcada para o domingo,19 de janeiro de 2020, com missa às 10h, seguida de almoço no salão paroquial. Para a confraternização há a venda de ingressos na secretaria paroquial.

Paróquia Santo Antônio
A Paróquia Santo Antônio de Bento Gonçalves é uma das 75 paróquias que compõem a diocese de Caxias do Sul. Foi criada em 06 de agosto de 1884, na antiga freguesia de Dona Isabel, hoje cidade de Bento Gonçalves. Possui 30 comunidades entre igrejas e núcleos de atendimento e conta com 64 frentes de trabalho de atuação social, religiosa e pastoral.

 




 
Informações Uteis

Veja Também